Culto de doutrina- A igreja em Filadélfia.

Jesus conhece sua igreja.

Foto: Geziel Morais

Por Michelle Lopes.

Atualizado em 15/12/2017 às 21h30.

Galeria de Fotos

Neste culto de doutrina do dia 15/12/2017 cooperaram no louvor os conjuntos de senhoras da sede e das subs, a palavra foi lida por nosso pastor Severino no livro de Apocalipse capitulo um e versículos doze e treze e depois capitulo três e versículos sete e oito, logo após a leitura começou a palavra falando sobre a igreja de Filadélfia.

Filadélfia se situa na Ásia menor, a mais jovem cidade dentre as sete que João citou, foi criada pelos colombos e era porta aberta do oriente para o ocidente, era chamada de pequena Atena pois lá havia muitos deuses, a cidade também foi criada para que a língua grega fosse introduzida no oriente, mas para a igreja de Jesus havia um outro proposito, era uma porta aberta para divulgação do evangelho e isso foi feito com muita eficácia em seus dias.

João foi levado a Ilha de Patmos e a intenção dos que o levaram era que ele morresse, a Ilha de Patmos é pequena e no tempo não era povoada, não tinha como se salvar pois a nado daria mais de quatro horas, portanto o fim de João seria a morte por feras, mas quem Deus escolhe para a vida só morre quando ele determina. Na sua visão João viu PRIMEIRO os sete castiçais de ouro, que simboliza as igrejas (Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicéia.) e no meio dos sete castiçais um semelhante ao filho do homem, e por que João teve essa visão? Porque Jesus está no meio de nós, no meio da sua igreja e nós somos a sua igreja, na visão de João a intenção não era ser mostrado só as igrejas da Ásia, mas sim as igrejas atuais também as cartas escritas em Apocalipse não eram só para as tais igrejas, mas para as nossas, para sermos salvos precisamos fazer parte da igreja de Cristo, para fazermos parte das bodas do cordeiro precisamos fazer parte da igreja de Cristo e nossa salvação só se dá por meio de Cristo. Porque Jesus escolheu aquela região da Ásia menor para enviar as cartas se em outras partes do mundo também já haviam igrejas? Porque Deus é soberano, Ele tem sua própria autoridade, e em sua soberania Ele mesmo escolheu as sete igrejas, na numerologia bíblica o sete é o número da perfeição e com isso Deus quis mostrar sua perfeição, Deus usou essas igrejas pois elas passavam por dificuldades econômicas, políticas e etc, coisas que também acontecem atualmente.

Sobre a igreja de Filadélfia, o próprio Jesus a conhecia muito bem, pois na carta escrita para a tal igreja Ele disse: “Eu conheço tuas obras”, conhecer é conviver, andar junto, comprovar, Jesus não disse EU ACHO QUE CONHEÇO, Ele disse EU CONHEÇO tuas obras e eis que diante de ti eu pus uma porta aberta, a porta que Deus abre ninguém fecha e aquela que ele fecha ninguém abre, as portas que Deus abre nas nossas vidas são bem melhores do que as que queremos, o bom é que estejamos no centro da vontade de Deus pois no futuro entenderemos o quão bom foi ter feito o que Deus nos ordenou. A igreja de Filadélfia era uma igreja perseguida, que já caminhavam na sua pouca força, mas era uma igreja amada por Jesus, Jesus disse em sua carta a Filadélfia que mostraria aos mentirosos, que diziam que eram judeus mais não eram e fariam se curvar perante ela, para mostrar o amor dEle por ela, assim acontece nos dias de hoje, apesar de muitos nos perseguirem o amor de Jesus é maior, é verdadeiro e nos preenche, a igreja de Filadélfia era fraca mas Jesus nos mostra que os céus não são dos fortes, não confundamos fraqueza com pecado, são coisas totalmente diferentes, mas apesar de toda fraqueza a igreja foi bem vista pois era fiel a Jesus, por isso Jesus a amava e a parabenizou pois apesar das afrontas foi fiel ao Deus que serve, podemos ser fracos, mas que em todo tempo sejamos fieis a ele pois ele nos conhece, o salmista relatou no salmo 139:

Senhor, tu me sondas e me conheces.
Sabes quando me sento e quando me levanto; de longe percebes os meus pensamentos.
Sabes muito bem quando trabalho e quando descanso; todos os meus caminhos te são bem conhecidos.

A igreja de Filadélfia não tinha nome, não era famosa mas era fiel e por isso Jesus a amava, Jesus nos ama portanto sejamos fieis a ele.

Ao final do culto houve profissão de fé dos irmãos que irão se batizar próximo domingo (17/12), após a oração fomos dispensados com a benção apostólica. 

LOCALIZAÇÃO

Rua Cleto Campelo, s/n, Cohab, Jacintinho

Maceió - Alagoas - CEP 57041-000

email: adcohab@hotmail.com

SIGA-NOS

  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle

Copyright © 2006 - 2019. Todos os direitos reservados a Igreja Evangélica Assembleia de Deus da Cohab (CGADB)